Um artigo meu com o título “Museu faz bem à saúde” foi publicado no Vozerio no dia 22 de janeiro de 2016. Nele, faço uma reflexão sobre como andam (e como poderiam andar) os museus brasileiros.

O artigo começa assim:

“Museu faz bem à saúde”. Esta afirmação, cada vez mais repetida por profissionais de museus, pesquisadores e acadêmicos no mundo todo, ainda pega muitas pessoas desprevenidas, inclusive no Brasil. No início deste ano, no Rio de Janeiro, vivenciei dois exemplos de como nós ainda não nos convencemos do poder benéfico que o museu pode ter na saúde e no bem-estar do ser humano.

O resto, você lê na matéria da Vozerio.

~~~~~~~~

Nota: Para quem não conhece o Vozerio, ele é um canal com foco no Rio de Janeiro “que se dedica a conectar ideias e pessoas”, mostrando a metrópole “a partir de diferentes pontos de vista: do empresário ao artista, do pesquisador ao estudante, do gestor ao ativista, do morador da periferia ao habitante da Zona Sul carioca.” A ideia é dar espaço para as opiniões e análises dos que estudam, discutem, constroem e mudam o Rio – inclusive você, o leitor.