Museusbr – plataforma colaborativa sobre museus brasileiros

plataforma-museusbr

Foi lançada em dezembro de 2015 a Museusbr, plataforma de compartilhamento de informações e conhecimento sobre os museus do Brasil a partir de um mapa georreferenciado.

A informação que está disponível atualmente foi coletada pelo Cadastro Nacional de Museus, mas a ideia é que, a partir de agora, o conteúdo cresça de forma colaborativa, com a participação dos museus em si e da sociedade.

Com a plataforma, o Ibram e o MinC esperam aumentar a visibilidade dos museus, fortalecer a divulgação de seus eventos, facilitar a ação em rede com outras instâncias públicas, ampliar o acesso aos dados primários e garantir maior transparência na gestão pública.

Como informa o coordenador-geral de Monitoramento de Informações Culturais do MinC, Leonardo Germani, “a ferramenta reunirá informações do Brasil inteiro e, por meio de filtros de busca, possibilitará o acesso a publicações, gráficos, tabelas, artigos, mapas pesquisas, produtos de consultorias e divulgação de benefícios do Vale Cultura e dos recursos da Lei Rouanet.”

Navegação

Mapa Museusbr aAo entrar em Mapa de Museus, você entra em uma área de busca, por palavra-chave e categorias diversas. É possível pesquisar por museus públicos e privados. Funcionou bem e rápido nas simulações que eu fiz. O fato de uma pesquisa pelo termo “cavalo” ter tido resultado zero foi decepcionante, mas não, culpa do sistema.

Mapa Museusbr bMapa Museusbr c

 

 

 

Clicando em um dos resultados de busca (pontos rosa, na foto), você aproxima o mapa e tem acesso a uma ficha de identificação do museu, que por sua vez liga-se a uma nova ficha com uma segunda camada de informações. Os dados disponíveis são ainda muito básicos, mas o potencial já está montado.

Como participar

Tanto os próprios museus quanto qualquer pessoa podem sugerir um museu que não conste da plataforma, bastando para isso enviar um email para museusbr@museus.gov.br.

Diretores ou responsáveis por um Museu que desejem alterar a informação online devem criar uma conta de usuário no IDCultura, categoria “agente cultural”. A equipe irá habilitá-los como “administradores”, permitindo que realizem diversas ações, tais como inserção de imagens e divulgação de eventos.

Passado e futuro

Museusbr é, de certa forma, o desenvolvimento do Cadastro Nacional de Museus (CNM), criado em 2006, que já identificou mais de 3.500 museus em todo o território nacional e gerou duas publicações: o Guia dos Museus Brasileiros e Museus em Números, ambas disponíveis gratuitamente para download (se você se impressionou com o total de instituições museais, lembro que muitas vezes o assim denominado “museu” não é mais do que uma salinha de exposição em uma associação).

Como toda proposta colaborativa, seu sucesso vai depender do quanto os museus e a sociedade vão efetivamente participar. A concorrência anda solta na web. Há um oceano de iniciativas – algumas ótimas, outras péssimas – que competem entre si diariamente para chegar até você. Museusbr parece funcionar bem: navegação fácil e rápida, bom projeto gráfico e a beleza de ser construída em open source. Vai ter, porém, que dizer a que veio e, mais do que dizer, provar que pode gerar benefícios reais aos usuários. Só a adesão de um grande número de instituições irá transformar Museusbr em ferramenta de referência para a pesquisa e a promoção dos museus brasileiros.

Ficam aqui os meus parabéns pela execução da iniciativa e meus sinceros desejos de sucesso.

Visite: plataforma Museusbr

Anúncios