Museu do Amanhã abre sala de visitação

O Rio de Janeiro planeja comemorar em grande estilo o aniversário de 450 anos da cidade: no 1º de março de 2015 será inaugurado (ou assim se espera) o grandioso projeto do Museu do Amanhã.

Até lá, você pode conhecer um pouco do projeto e dos temas que o museu irá discutir na salinha de visitação, inaugurada no dia 20 de fevereiro. Estive na abertura e tirei as fotos que você vê aí abaixo:

Instalada no canteiro de obras do prédio, no Píer Mauá, a sala é um teaser do que o visitante encontrará no museu.

Na entrada, uma maquete do edifício, projeto do arquiteto Santiago Calatrava (15 mil m2 de área de arquitetura sustentável). No meio da sala, uma mesa com um teste touchscreen, que mede o que você e os demais participantes sabem sobre mudanças climáticas, superpopulação, consumo, a biodiversidade. Respondendo a cada pergunta, você acessa as estatísticas das respostas dadas por todas as pessoas que já participaram do teste. Ao fundo da sala, uma grande tela exibe um video. Por fim, tablets espalhados pelo ambiente disponibilizam um aplicativo especialmente desenvolvido, que visa a aprofundar os eixos narrativos das futuras exposições do museu.

O Museu do Amanhã é uma iniciativa da Prefeitura do Rio de Janeiro e da Fundação Roberto Marinho, apoiada pelo Governo do Estado (Secretaria do Ambiente) e pelo Governo Federal (Finep e Secretaria dos Portos). O projeto é parte do conjunto de obras do Porto Maravilha, que visam revitalizar a degradada região da Zona Portuária carioca.

Sala de visitação:
Entrada franca
De terça a domingo, das 10h às 17h
Uma equipe de educadores fica a disposição do público. Visitas de grupos escolares são bem-vindas.

Para saber mais sobre o Museu do Amanhã:

Anúncios