Exposição “India”, no CCBB

A exposição “Índia”, no CCBB do Rio de Janeiro, é um dos ótimos exemplos de um bom trabalho unindo curadoria e museografia.

“Índia” distribui cerca de 380 peças em 18 salas no térreo, 1o. e 2o. andares do CCBB. O objetivo é proporcionar um olhar sobre a história cultural desse país de 1,2 bilhão de habitantes, com mais de 200 etnias (!), 6 religiões (!!) e 22 línguas oficiais (!!!).

A exposição alcança esse objetivo com um acervo abrangente, que reúne desde excelentes exemplos de arte contemporânea (destaque para a instalação de Gigi Scaria: um elevador cujas paredes mostram imagens do interior de casas indianas, que a gente vê “descendo” e depois “subindo”) até mobiliário, fotos, mapas, objetos de arte popular, vestimentas, instrumentos musicais e esculturas religiosas (uma escultura em terracota vinda de Berlim, de 200 a.C., é a peça mais antiga).

Uma sala especialmente dedicada a Bollywood dá o toque de bom humor. Quando eu fui, havia até um casal (de verdade) se beijando no fundo do cineminha montado para exibir as inacreditáveis produções indianas.

Uma das experiências mais impressionantes é um video, projetado diretamente numa das paredes da sala de objetos religiosos, sobre os ascetas e místicos que perambulam pelo país, alguns seríssimos, outros simplesmente para enganar turistas.

Uma exposição absolutamente divina, inteligente, rica, plural e extremamente informativa. Gostei muitíssimo.

Informações
Centro Cultural Banco do Brasil
Exposição “Índia”
Até 29 de janeiro de 2012
Entrada gratuita
Curadoria geral: Pieter Tjabbes
Curadoria de arte contemporânea: Tereza de Arruda

Anúncios