Punk no CCBB Rio

A exposição “Ecos da Estética Punk”, no Centro Cultural Banco do Brasil, Rio de Janeiro, é mais um exemplo de como uma exposição com um bom acervo pode sofrer com uma museografia boba.

A exposição mostra a visão de 12 artistas influenciados pela estética punk: Andy Warhol, Artsitein, Bruce Conner, David Lamelas, David Wojnarowicz (impressionante!), Dennis Morris, Destroy All Monsters, Jamie Reid, Linder, Peter Hujar, Robert Mapplethorpe e Stephen Shore.

Além disso, traz a coleção de capas de discos de vinil de Thierry Planelle e um filminho, que fica passando em loop, da época em que os Sex Pistols vieram ao Brasil propor uma parceria a Ronald Biggs. Muito bom.

O que deixa a desejar é que a exposição em si não tem nada do decadente, sujo, rotten da estética punk. O máximo que a museografia oferece é recobrir uma das salas com papel laminado e chapiscar o chão com tinta branca. Convenhamos.

Anúncios